(in)completas

Agosto 2, 2011 § Deixe um comentário

 

 

“Que importa se é tão longe, para mim, a praia aonde tenho de chegar,
se sobre mim levar constantemente pousada a clara luz do teu olhar?”

Manda-me ir ter contigo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading (in)completas at tempo comum.

meta