o lado humano

Setembro 1, 2011 § 1 Comentário

A felicidade só é real quando partilhada
Happiness only real when shared

Chris McCandless escreveu estas palavras entre as linhas de um livro de Boris Pasternak. Pelo menos, esta é a versão que consta na obra O Lado Selvagem ou Into the Wild, no original.
Recuso-me a usar estas palavras. Selvagem?! Prefiro chamar O Lado Humano.
Apesar do autor ter reconstruído os passos, reunido os testemunhos, o que será possível saber das intenções que moviam este rapaz?
É certo que Chris McCandless cortou as relações com amigos e familiares antes de iniciar a viagem para o Alasca. A relação com a Irmã interrompeu-se, mas não houve corte. Passou a chamar-se a si próprio Alexander Supertramp.
Mas, o destino não foi o isolamento. Cruzou a vida de pessoas, imprimiu nelas a marca da sua passagem. Pelo caminho, Chris continuou a ser Irmão da sua Irmã, ao relacionar-se com as pessoas que encontrava. O laço da fraternidade permitiu que Chris fosse desatando os conflitos interiores. No final da viagem voltou a assumir o nome que recebeu do Pai.

A felicidade só é real quando partilhada
Quem é capaz de escrever estas palavras descobriu o lado humano, mesmo que um imprevisto o tenha impedido de percorrer o caminho de regresso.
Faltou o abraço… aquele abraço que se dá e se recebe, feito de gente que cai nos braços do outro.
As palavras que mais tocam e permanecem são as que se calam num abraço… que se estende, alarga, forma a órbita do encontro daqueles que estão sempre próximos.

É sempre no abraço – real, concreto, que aconteceu naquela rua, às tantas horas – que nos encontramos. Tudo isto é tão verdadeiro e tão humano que só poderia ser de Deus. Sim! O meu Senhor e meu Deus tem sempre encontro marcado onde dois ou três se reunem! (Mt 18,20)

Anúncios

§ One Response to o lado humano

  • Carla diz:

    “A Felicidade só é real quando partilhada”
    Atrevo-me a dizer mais, a Felicidade só existe na Partilha.
    E ao ler este post lembrei-me do que estou a escrever no meu blog, do que li no Derrotar Montanhas… e cada vez me (con)venço mais de que a Felicidade só existe na Partilha, quando nos despojamos de nós para nos darmos a outro… quando nos remetemos a uma quase insignificancia para deixar outros felizes e poderem sonhar, quando nos movemos no anonimato e “movemos montanhas” em prol de desconhecidos, quando nos damos em vez de darmos…quando abraçamos aquela pessoa que não viamos há um mês, quando abraçamos quem somente precisa de um abraço… quando sorrimos para quem passa, um sorriso puro e limpo, um sorriso que marca quem o recebe e lhe muda o dia…
    O Ser Humano não consegue ser Feliz na solidão… somos Ser em construção, em comunhão, em relação, na partilha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading o lado humano at tempo comum.

meta