to be continued…

Dezembro 20, 2011 § Deixe um comentário

Tantas palavras escritas, quando o que interessa é a vida
Tantas explicações, quando o importante é descobrir o caminho que desinstala e nos põe em contacto.

“O advento devia ser todo o ano”

Esta é a frase escrita nos comentários destes dias, por quem não crê na religiosidade desta época, vê “muitas coisas como uma graça” e acredita “no amor e nas relações, no Humano, no térreo, no carnal, no frágil”.

 

Só tenho vontade de dizer: eu também acredito, Senhor, mas ajuda a minha pouca fé, vem para aqui Jesus, porque isto continua!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading to be continued… at tempo comum.

meta