depois do pôr-do-sol

Fevereiro 9, 2012 § Deixe um comentário

 

 

foto de szeke (Flickr)

No primeiro dia da semana, cumpridos todos os ritos, esperaram o pôr-do-sol para irem ter conTigo. (Mc 1, 29-34)
Desde Domingo que escuto o eco e vejo os reflexos destas palavras.

O entardecer do primeiro dia da semana continua a ser uma hora especial.
Sem nos apercebermos, os gestos, as palavras, os hábitos revelam o que levamos dentro. Nesta hora procuram-se certezas, a segurança de uma rotina que garanta estabilidade e previsibilidade. Depois do pôr-do-sol aparecem nos púlpitos do costume os comentadores que querem interpretar o que temos diante dos olhos e os pregadores da verdade desportiva.
Os rituais, as distracções, aquilo que entreteve durante o dia não acalmam a tensão que surge diante dos desafios das horas seguintes.

É a hora do face a face, de olhar nos olhos quem sou e quem está diante de mim… a hora de ver, de enfrentar os limites e as capacidades. É hora de “sair para fora”!
Diz-me, Senhor, foi para isto que criaste este dia para Ti e para nós?
Depois dos momentos de partilha e de comunhão conTigo, ao ritmo da liturgia da Tua história connosco, esperas ainda esta última procissão daqueles que só esperam em Ti?
E, assim, diante do medo aprende-se a caminhar na confiança na Tua bondade; diante da fraqueza somos sustentados e levantados pelos que caminham connosco.

Meu Senhor e meu Deus… e quase consigo imaginar o Teu rosto quando nos vês todos reunidos junto à porta, do lado de fora…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading depois do pôr-do-sol at tempo comum.

meta