sim, sim; não, não

Maio 18, 2012 § Deixe um comentário

Seria mais fácil assentir, fingir que é indiferente uma opção pela integração ou pela exclusão.
É imprescindível conhecer a realidade que se vive em França, in loco, na primeira pessoa, para perceber que as intenções de segregação são o rastilho que muitos esperam para o confronto?
O relativismo é perigoso. A subjectividade não justifica tudo.
A segregação é objectiva e universalmente um mal.

Os laços de carinho não permitiram disfarçar o choque quando soube qual foi o voto. De um modo espontâneo (pouco habitual), tomei um partido diferente na conversa.

A Norte, chegam ecos de quem saiu para a rua nestes dias, propondo alternativas de crescimento e de dignidade. A Sul, desconhece-se que há ruas, no centro de Paris, que ficam intransitáveis durante os momentos de oração, interpretados como actos políticos por uma minoria, cada vez maior, que votou em medidas de restrição à liberdade e à igualdade entre comunidades.
Está a aumentar a distância entre o Sul e o Norte da Europa, mas nada justifica o alheamento, a omissão.

A linguagem deixará de ser uma fonte de mal-entendidos, quando as palavras voltarem a comprometer-nos, quando um sim for sim e um não for um não.
Os caminhos de abertura e de acolhimento só são percorridos por quem assume aquilo que acredita, sem medo da mudança.
Quando se fala da Humanidade, feita de tantos rostos e nomes diferentes, não é possível generalizar. A Humanidade é o que temos de mais íntimo, individual e é o nosso bem comum.

Lembrei-me deste poema de Taylor Mali (não me atrevo a traduzir, mas deixo o link para a versão escrita aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading sim, sim; não, não at tempo comum.

meta